A Esgrima Bolonhesa

No último domingo, realizamos nossa Oficina de Espada & Broquel. Nas duas horas de treino, os participantes puderem ter um gostinho de como são as técnicas básicas da spada da lato: cortes, estocadas, transições entre guardas; além da prática com o brochiero, um pequeno escudo que, quando combinado com a espada de uma mão, torna o combate muito intricado e dinâmico.



A tradição italiana que seguimos na prática da espada singela (espada de uma mão, ou spada da lato, em italiano) tem seu início em Bolonha, norte da Itália. A cidade foi estabelecida pelos Etruscos, por volta de 510 a.C. e é a capital da região da Emília-Romana na Itália. A Universidade de Bolonha foi fundada em 1088 d.C e é uma das três primeiras universidades Europeias da Idade Média. Essa cidade tem uma longa tradição na esgrima.


Mestres da Escola de Bolonha


Lippo Bartolomeo Dardi


É considerado o fundador da tradição. Foi professor de matemática e astronomia na Universidade, e em 1413 recebeu o privilégio do governo de Bolonha para abrir uma escola de esgrima na via Pietralata (relativamente próxima à Universidade). Dardi escreveu um tratado, já perdido, sobre a relação entre esgrima e geometria. Presume-se que tenha morrido em 1464.


Guido Antonio di Luca


Provavelmente o maior mestre dessa tradição, di Luca foi estudante da primeira ou segunda geração da escola de Dardi. Ele viveu na antiga Santa Maria delle Muratelle e embora não tenha deixado nenhum tratado escrito, a fama de seus estudantes sobreviveu aos séculos. Dentre eles, os mais famosos estão o Conte Guido Rangoni e o famoso Giovanni de Medici, e o mestre de esgrima Achille Marozzo, que escreveu


"da escola de onde veio mais guerreiros que da barriga do Cavalo de Troia"

Antonio Manciolino


Seu tratado Opera Nova foi publicado pela primeira vez possivelmente no início de 1520, mas hoje está perdido. O tratado foi republicado em 1531, e essa edição nos está disponível hoje. Além de ser o autor do primeiro manual extenso de Bolonha que temos hoje, não se sabe muito sobre este mestre. O tratado de Manciolino é um recurso extremamente útil, devido ao seu detalhamento das guardas e as várias ações ofensivas e defensivas que podem ser feitas a partir delas.


Achille Marozzo


Pupilo de di Luca, Marozzo é certamente o Mestre Bolonhês mais bem conhecido. Nasceu em 1484 e morreu em 1553. Manteve uma sala d'arme próxima ao Convento de SS. Naborre e Felice em Bolonha. Escreveu seu próprio tratado de esgrima também intitulado Opera Nova, 1536. O livro foi publicado diversas vezes em várias cidades - Modena (1536), Bolonha (1546), Veneza (1550); foi revisado e republicado pelo seu filho, Sebastiano, em Veneza, com o título Arte dell Armi, em 1568. Os ensinamentos de Marozzo permaneceram tão populares, que surgiu uma edição de sua obra em 1615, muito depois do surgimento da rapieira.


Existem muitos outros mestres na tradição bolonhesa, como Angelo Viggiani, Giovanno Dall'Aggochie, Alessandro Senese, entre outros.


Na Praeliator, nosso sistema primário de combate com a espada de uma mão e broquel segue a tradição bolonhesa, especialmente os ensinamentos de Antionio Manciolino e Achille Marozzo.


A próxima Oficina de Espada & Broquel será no dia 8 de dezembro, e você já pode fazer sua inscrição.

74 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo