As 12 Guardas da Espada Longa - Parte 1

Atualizado: 14 de abr. de 2020

O entendimento da relação entre golpes e guardas é muito importante na esgrima medieval. Para melhorar um golpe, ajuste a guarda da qual ele começa ou termina. Para ajustar uma guarda, ajuste o golpe que a cria. Essa é uma máxima na esgrima italiana. Parafraseando Viggiani, Lo Schermo, 1575: "entre duas guardas há um golpe; entre dois golpes há uma guarda. Eu exploro um pouco desse assunto no post O Túnel - Conceito de Movimento.


Aqui, farei uma breve descrição das 12 Poste (plural de posta; trad. "postura", ou "guarda") da espada em duas mãos de Fiore dei Liberi e como as praticamos no nosso sistema. O intuito é apresentar algumas das ações ou ideias básicas de cada guarda. Não tenho a pretensão de exaurir tudo que pode ser feito a partir de cada guarda, mas sim apresentar as ideias centrais descritas por Fiore e como as praticamos na nossa escola. Além disso, colocarei o jogo de pés que usamos para praticá-las em sequência, o que chamamos de Progressão de 12-Poste.


O texto é tradução de Miúriel de Aquino Goulart, formada em italiano pela ACIRS, do manuscrito Il Fior di Battaglia (MS Ludwig XV13), conhecido como "Getty", pois está no museu J. P. Getty, de Los Angeles.


Porta Di Ferro

"Aqui começamos as guardas da espada de duas mãos. E são doze guardas. A primeira é toda porta de ferro que está em grande fortaleza. Essa é boa de esperar qualquer arma manual longa e curta. E por que ela tenha boa espada, que não carregue muito comprimento. Ela passa com cobertura e vai ao estreito. E a troca de ponta, a sua ela coloca. Ainda rebate as pontas à terra. E sempre vai com passo e de cada golpe ela faz cobertura. E a quem usá-la, naquela briga, grande defesa fará sem fadiga."


Antebraços descansando no quadril, espada alinhada com a perna da frente, ponta baixa, lâmina verdadeira para o chão ou ligeiramente para frente. Estamos olhando para o Norte.


Ações de Porta di Ferro

  1. Porta di Ferro faz suas defesas subindo e descendo como um portão. Ela sobe para coletar os golpes descendentes, indo para Posta Frontale. Daqui, podemos expulsar a espada do oponente para baixo, com passo em triangulo, retornando com um roverso sottano.

  2. Também podemos trocar estocada (scambiar di punta): ganhar as vantagens na linha central e golpear o oponente em contratempo.

  3. Bem como quebrar a estocada (rompere di punta): cortar para baixo, lançando a espada do oponente para o chão, golpeando em dui tempi.


Progressão de 12-Poste

Na nossa forma, fazemos um passo cruzado à frente, com a perna de trás, seguido de uma volta stabile do quadril (uma tutta volta do corpo à frente), para Posta di Dona Altara, olhando para o Sul.


Posta di Dona

"Está é a posição da mulher, que pode fazer todos os sete golpes da espada. E de todos os golpes ela se pode cobrir. E quebra as outras guardas por grandes golpes que pode fazer. E para trocar uma ponta, ela é sempre rápida. O pé que está adiante avança fora do caminho e aquele de trás passa na transversal. E o companheiro permanecerá descoberto e poderá se ferir imediatamente com certeza."


Na nossa forma, praticamos a variante Posta di Dona Altara, ou la Soprana, formada com o peso na perna de trás, braços elevados, olhando por baixo do braço da mão do pomo, com a espada caída nas costas.


Ações de Posta di Dona

Daqui, podemos fazer os sete golpes das espada:

  1. Mandritto fendente com passo à frente.

  2. Seguido de roverso sottano falso com passo atrás.

  3. Mandritto sottano verdadeiro com passo à frente.

  4. Seguido de roverso fendente com passo atrás.

  5. Mandritto mezzano com passo à frente.

  6. Seguido de roverso mezzano com passo atrás.

  7. Finalizando com a estocada alta por trás da cabeça.


Progressão de 12-Poste

Daqui, passamos o forte da espada sobre a cabeça até Posta Finestra, continuamos orientados para o Sul.


Posta Finestra

"Está é a posição da janela que sempre é rápida na malicia e no engano. E de cobrir e de ferir ela é magistral. E com todas guardas ela questiona, com as superiores e as terrenas. E de uma guarda a outra, ela muitas vezes engana o companheiro. E a colocar grande ponta e saber quebrar a troca, aqueles jogos ela pode bem fazer."


Peso na perna de trás, forte na altura da testa, lâmina cruzando o campo de visão, ponta elevada.


Ações de Posta Finestra

Posta Finestra age indo de uma finestra para outra.

  1. Cobrir e fechar a linha central para estocar em Posta Longa, saindo em direção a Posta Finestra do outro lado.


Progressão de 12-Poste

Repousamos a espada no ombro esquerdo, transferimos o peso do corpo para a outra perna com uma volta stabile e olhamos para o Noroeste em Posta di Dona Sinestra.


Posta di Dona Sinestra

"Esta é a posição da mulher à esquerda que para te cobrir e ferir ela é sempre rápida. Ela faz grandes golpes e quebra as pontas e as bate na terra. Entra no jogo estreito pelo seu saber atravessar. Estes jogos esta guarda sabe fazer bem."


Peso na perna de trás, espada no ombro esquerdo, olhando para Noroeste.


Ações de Posta di Dona Sinestra

Posta di Dona Sinestra também faz os sete golpes da espada. Aqui podemos praticá-los firme no lugar.

  1. Praticar os sete golpes da espada, sem passo, usando somente o movimento do quadril para gerar potência.

Progressão de 12-Poste

Cortamos um roverso fendente com passo atrás até Posta Longa. Continuamos olhando para Noroeste.