As 12 Guardas da Espada Longa - Parte 3

Atualizado: 12 de jul. de 2020

E chegamos às últimas guardas da espada longa! Na Parte 1 e na Parte 2, vimos as oito primeiras guardas das 12 apresentadas por Fiore dei Liberi. Hoje, veremos as últimas quatro: coda longa, posta bicornu, posta frontale e dente al cinghiara mezzana.


Mais uma vez, as traduções são de Miúriel de Aquino Goulart, do manuscrito Il Fior di Battaglia (MS Ludwig XV13), o "Getty".


Coda Longa

"Esta é a postura de cauda longa que faz na terra detrás. Ela pode colocar ponta e adiante pode cobrir e ferir. E se ela passa adiante e traz o fendente em jogo estreito entre sem falhar. Que tal guarda é boa para esperar. Que dela em outras pode entrar."


Esta guarda tem a espada estendida para trás no lado dominante. Por estar escondida, é possível encobrir o comprimento da espada. Ela faz golpes descendentes e ascendentes potentes. Aqui praticaremos os golpes com bastante amplitude, com o ponto de rotação sendo o ombro.

Ações de Coda Longa

  1. Mandritto fendente (do ombro).

  2. Mandritto sottano (do ombro).


Progressão de 12-Poste

Para transitar para a próxima guarda na progressão, faremos um mandritto mezzano seguido de um passo cruzado à frente com volta stabile do quadril (uma tutta volta do corpo à frente), até Posta Bicornu, orientados para Sudeste.


Posta Bicornu

"Esta é a posição de dois chifres que esta assim sempre com a ponta no meio da estrada. E aquilo que pode fazer a posta longa, pode fazer esta. E similar ao dito em posição da janela e posição frontal."

Com a espada na horizontal na altura do esterno, viramos a mão do pomo palma para baixo. Essa guarda é muito forte em manter a ponta na linha central, sendo capaz de navegar com o cabo para direita e esquerda, acessando as estocadas de Posta Finestra. Confiamos nos dois "cornos" (virotes da guarda) para nos proteger.


Ações de Posta Bicornu

  1. Estocada alta à direita.

  2. Estocada alta à esquerda.


Progressão de 12-Poste

Invertemos nossa empunhadura da mão do pomo de volta para a posição inicial e erguemos a espada em Posta Frontale. Continuamos orientados para Sudeste.


Posta Frontale

"Esta é a posição frontal chamada por alguns mestres posição de coroa, que por cruzar ela é boa, e pela ponta ela é ainda boa. Que se a ponta vem acima ela a cruza passando fora da estrada. E se a ponta vem abaixo, ela ainda passa fora da estrada rebatendo a ponta a terra. Ainda pode fazer de outra forma trazendo a ponta na volta com o pé para trás e venha com fendente pela cabeça e pelos braços e venha com dente de javali e rapidamente joga uma ponta com avanço do pé e volta com fendente naquela guarda apropriada."


Com a espada alta, e a guarda à altura das sobrancelhas, esta guarda também é chamada de Posta Corona. A ponta está alta e ligeiramente para frente; assim, a lâmina e os antebraços formam uma linha até a pelve. Ela pode proteger qualquer dos lados, na nossa forma ela está à esquerda, protegendo nosso ombro esquerdo, logo, olhamos por baixo da guarda à direita do cabo. Ela coleta os ataques, pode ser usada para trocar estocadas e lançar todos os golpes para o chão. Praticaremos sua transição para Posta Finestra estocando alto após coletar um golpe.


Ações de Posta Frontale

  1. Virar em Posta Finestra para estocar na linha alta à esquerda.


Progressão de 12-Poste

Daqui, cortamos um fendente com passo à frente até Dente al Cinghiara Mezzana, ainda olhando para Sudeste.


Dente al Cinghiara Mezzana

"Esta é dente de javali médio, porque existem dois dentes de javali, um inteiro e outro médio, mas é dito médio porque está no meio da pessoa, e o que pode fazer o inteiro pode fazer o dente médio. E pelo modo orgulhoso que o javali atravessa do modo como se faz com a mesma espada que sempre fere com a espada transversa a espada do companheiro. E sempre põe a ponta e descobre o companheiro. E sempre avaria as mãos e às vezes a cabeça e os braços."

Peso na perna de trás, espada no lado esquerdo, pomo no quadril, torso inclinado à frente oferecendo a cabeça como isca para o oponente. Esta guarda faz a estocada com os dois "cornos" (guarda na horizontal) de forma a contra-estocar na linha central.


Ações de Dente al Cinghiara Mezzana

  1. Estocada em bicornu (espada na horizontal) na linha central.


Progressão de 12-Poste

Para finalizar, fazemos uma volta stabile com o quadril de volta à Porta di Ferro, orientados para o Norte. Então podemos recomeçar a progressão das doze guardas.