Como Ser um Bom Colega de Treino?

Treinar esgrima histórica necessariamente passa por treinar em dupla. Repetir movimentos diversas vezes até achar o ponto certo para a execução da técnica. Isso exige que nossa dupla seja constante, desafiadora e, principalmente, nos ajude a aprender.


Nesta publicação vou compartilhar algumas ideias para você se tornar um bom colega de treino.




No último sábado, estava conversando com um de nossos instrutores, e falávamos sobre como alguns integrantes da escola evoluíram ao longo dos anos, tornando-se excelentes colegas de treino. Também comentávamos sobre como isso é um processo, que exige tempo e atenção.


Aluno & Colega

Todos os exercícios que propomos em aula na Praeliator têm um aluno - aquele que está praticando a técnica alvo; e um colega - aquele que está auxiliando o aluno a desenvolver a técnica alvo. O objetivo do aluno é aprender a técnica ao buscar a melhor forma de executar o gesto ou movimento. O objetivo do colega é auxiliar o aluno a aprender a técnica alvo, ao oferecer repetições e contextos coesos e constantes.


Muitos, por falta de orientação, acabam não dando a atenção necessária na sua própria evolução como colega de treino. O erro mais comum é tentar "ganhar" o exercício, ou simplesmente não dar a importância necessária ao objetivo do exercício.


A seguir, vou utilizar dos nossos cinco Valores para orientar como você pode se tornar um colega de treino melhor.


Receptividade

Esteja aberto(a) a treinar com todas as pessoas. Seja receptivo(a) e aberto(a) para praticar todas as técnicas, de todas as formas. As pessoas têm diferentes alturas, diferentes alcances, intenções, intensidades, estilos e abordagens de treino. Busque explorar todas elas.


Empoderamento

Faça o exercício de forma consistente, precisa, com controle e cuidado o tempo todo. Não busque "ganhar" o exercício, busque oferecer o melhor "modelo" técnico para sua dupla. Assim, o(a) aluno(a) receberá sempre o mesmo estímulo, a mesma reação e a mesma consequência no exercício, o que lhe permite explorar diferentes opções de execução do movimento e aprender mais facilmente.


Autenticidade

A sua postura influencia a postura do outro: não faça corpo mole. Esteja presente, focado(a) e seja a sua melhor versão. Faça a sua parte no exercício da melhor forma possível, com a melhor qualidade de movimento que você consegue fazer.


Fisicalidade