Do Exercício ao Combate

Atualizado: 21 de fev.

O caminho que precisamos percorrer ao aprender uma técnica nova, até conseguirmos executá-la em combate, não é simples. Embora seja possível aprender algumas técnicas de agarrar, esquiva ou com arma secundária e imediatamente aplicá-las em combate com certo sucesso, é interessante ter uma lógica mais "formal". A vantagem disso é colocarmos a execução da nova técnica em xeque de forma gradativa e de diferentes maneiras e estágios de desenvolvimento.


Esse processo é contínuo, e chamamos de "Ciclo Técnico". No dia 07 de Março realizamos o Webinar: Ciclo Técnico - do Exercício à Prática, em que exploramos o ciclo por completo. Nesta publicação vamos vê-lo de forma concisa.





Estágio 1: Aprendizado Mecânico

O objetivo aqui é unicamente construir a programação motora inicial e criar a capacidade de executar a técnica num contexto simples. Por exemplo:

  • Aprender um movimento de defesa e ser capaz de executá-lo contra um ataque específico dentro de um exercício.

  • Aprender um movimento de estocada e ser capaz de golpear com precisão um alvo.

Na Prática

  • Exercício Solo - estabelecer os padrões motores.

  • Exercício Tático - estabelecer a função da técnica em resposta a um estímulo.


Estágio 2: Integração Tática

Assim que atingirmos a taxa de 80% de acerto ao executar a técnica, podemos avançar para a próxima etapa: execução em um ambiente tático. Ambiente tático inclui:

  • Estimulo - uma reação a uma "deixa" que conduz à técnica. Ver uma abertura é uma deixa para atacar; ser atacado é uma deixa para defender.

  • Consequência - quando fazemos a técnica de forma correta, alcançamos nosso objetivo. Quando executamos errado, uma consequência negativa acontece, por exemplo, falhamos na defesa e somos golpeados.

  • Escolha - estímulo tático, como o combate, exige que estejamos constantemente avaliando e respondendo às situações apresentadas. Adicionar múltiplos estímulos aumenta a complexidade e traz o exercício mais próximo a um ambiente de combate, enquanto permite focar na nova técnica.

As técnicas devem ser levadas a ambientes táticos aumentando a complexidade para melhor integrá-las a nossa estratégia geral.


Na Prática

  • Exercícios de Escolha Tática - exercícios que exigem a escolha de uma técnica correta, dentre algumas opções. Por exemplo, receber diferentes ataques e ter que decidir a defesa correta.