Prudência em Combate

Prudência em Combate

"Nenhuma criatura vê melhor do que eu, o Lince. E essa virtude coloca todas as coisas em seu devido lugar e medida". Tradução livre - Fior di Battaglia


Uma técnica pode estar mecanicamente correta em sua execução, mas se não for feita no momento certo e na distância certa é impossível que seja bem-sucedida.


Por exemplo, aparar um golpe com a espada longa: quanta distância se precisa para responder em tempo e estar em uma posição mecanicamente firme para se defender de um ataque com sucesso? Ao ajustar sutilmente a posição inicial da espada (em vez de bem recolhida no ombro, para pouco a frente do ombro), reduz-se drasticamente o tempo do ataque, tornando a ação, então bem-sucedida do colega na primeira situação, em uma má-sucedida sem se fazer qualquer outra alteração. Aprender a encontrar e manipular essas alterações na esgrima medieval nos torna menos suscetíveis a fintas, e ganhamos um ferramenta muito útil em nossa prática.


Pegue uma técnica que você esteja praticando e tente executá-la em diferentes distâncias, tanto dos pés (uma base mais aberta ou fechada) e da lâmina (muda a posição inicial para colocar a espada mais próxima ou mais distante) e veja como isso muda a natureza da ação e o que é precisa para fazê-la ser bem-sucedida.


Tags: Lince, Prudência, Fiore, HEMA, Esgrima Medieval, Espada Longa, Porto Alegre

87 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo